segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Inspiração inicial: o casamento da Barbie

 Foto:Beatrice de Guigne/ Reprodução.

Quem nunca viu alguma coisa e automaticamente lembrou de uma determinada pessoa? Bem, eu costumo ser (felizmente) lembrada quando o assunto é Barbie, e não é apenas por causa dos longos cabelos loiros ou por causa do meu gosto exagerado pela cor rosa (ninguém tinha percebido, né?rs), mas porque a boneca mais famosa do mundo foi tema de um estudo muito sério e que se transformou na monografia do meu Bacharelado em Design. "Espelho, espelho meu: será que algum dia a Barbie serei eu?" incitava o título proposto. Pela forma física concluiu-se que é impossível ter curvas da boneca sem danos sérios à saúde. Pelas atitudes ser Barbie seria a personificação de uma vida repleta de felicidade, bons amigos e carreiras de sucesso. Volto com a pergunta: "...será que algum dia a Barbie serei eu?" Bem que esse dia poderia ser então o meu casamento.
A imagem que escolhi para ilustrar o cabeçalho do blog é apenas uma desta amostra incrível que trago para vocês, em clics da renomada fotógrafa francesa Beatrice de Guigne. As imagens apresentam com luz, dramaticidade e poesia a beleza do casamento refletida além das pessoas, mas através de momentos e sentimentos. Ser Barbie se tornou pouco perto da magia e encanto retratados.

E aí? Gostaram? Lembraram de mim quando viram esse ensaio e prontamente me deram a dica pelo Facebook minhas queridas Adriana Sbaraini Arend e Ana Paula Weber.
Aproveitem e confiram abaixo mais algumas dessas imagens maravilhosas. E lembrem-se: qualquer semelhança no futuro não é mera coincidência..rs
Um beijo.

Josi

  Foto:Beatrice de Guigne/ Reprodução.
  Foto:Beatrice de Guigne/ Reprodução.
  Foto:Beatrice de Guigne/ Reprodução.
 Foto:Beatrice de Guigne/ Reprodução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário