quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Convite especial


Eu avisei que essa semana prometia!

Após iniciar a saga pelo vestido de noiva chegou a tão esperada hora de convidar as madrinhas, aquelas mulheres super especiais que nos acompanharão não só no altar, mas nos momentos mais importantes que antecederão o grande dia. Escolher as madrinhas não foi tarefa assim tão fácil não. Sou uma pessoa sem dúvida de sorte, pois me vejo cercada de verdadeiras amigas. Algumas delas, por exemplo, incluem-se no meu grupo de melhores, aquelas com quem posso contar sempre, mas nem por isso acabaram sendo escolhidas para esse momento.

Vou explicar tudo! Alex e eu decidimos que ficaríamos com um número restrito de padrinhos para que conseguíssemos dar a atenção merecida a cada um deles, estipulando assim o montante de seis casais, três para cada lado apenas. Pensando nisso fizemos nossas escolhas não baseadas apenas em afinidades individuais (tenho super amigas que ficaram de fora, assim como o Alex também), mas em escolhas voltadas para a nossa história, como casal. Foram selecionados aqueles amigos que participaram de alguma forma da construção da nossa vida juntos e que realmente teriam apadrinhado a união.

Resolvemos então que o Alex convidaria os padrinhos e eu as madrinhas. E ontem foi o dia que escolhi para começar esses convites mais do que especiais. Mas como convidar mulheres que eu adoro deixando claro o quanto o aceite delas é importante para mim? Eis a minha idéia, simples, fácil, de baixo custo e que fez o maior sucesso! Confiram o passo-a-passo dessa brincadeira super gostosa.

A primeira pergunta foi: quais elementos fariam com que as escolhidas para madrinhas lembrassem de mim? Pra quem me conhece bem sabe que tem duas coisas que são literalmente “eu”: a cor rosa e a paixão enlouquecida por doces. Um convite rosa e doce, esse era o princípio. Mas qual doce escolher? Estamos falando de casamento e casamento nada mais é do que um sonho. Quer doce mais gostoso que um sonho? Nada melhor do que convidar as madrinhas para fazerem parte do meu sonho.

Com bandeirolas cor-de-rosa fixadas por uma haste de madeira ao doce foi o pedido “Quer ser minha madrinha?” Do lado oposto o dizer: “Aceite esse convite comparecendo em minha casa na noite de 29 de fevereiro”. Hoje! Será que elas vão aceitar? Eu espero do fundo do coração que sim!


 Foto: Sonhos com as bandeirolas. Ficou uma fofura não?

Os sonhos foram dispostos em pratos metalizados e protegidos por um cilindro em papel microondulado. O fechamento se deu com plástico para presente prata, fita Pink, o nome da convidada e um aviso: cuidado frágil! Para uma madrinha estabanada em especial...rs

Foto: Cilindros de papel microondulado estampado.


Foto: Como foi entregue para as possíveis madrinhas.





Na torcida agora para que todas apareçam por aqui hoje à noite para dividirmos juntas toda essa felicidade. Aguardem as cenas do próximo capítulo.


Beijos



Josi

Foto: Olha só que amor a foto da Daiane com o mimo!

4 comentários:

  1. Eu amei a surpresa, amei o convite...
    Eu tenho a melhor amiga do universo!

    ResponderExcluir
  2. Que idéia linda e deliciosa... Se sobrarem sonhos, convida as "não madrinhas" para comer, heheehe... Parabéns por mais uma ideia de sucesso. Esse casamento será um arraso. Bjos

    ResponderExcluir
  3. "O fechamento se deu com plástico para presente prata, fita Pink, o nome da convidada e um aviso: cuidado frágil! Para uma madrinha estabanada em especial...rs "
    NÃO ENTENDI!

    ResponderExcluir
  4. Certamente não teve nda a ver contigo...por isso tu não entendeu!rs

    ResponderExcluir